Jantar no Reserva – turma da ISG

0
she3783re-200155_xx

www.starwoodhotels.com

No início desse mês participei de um super jantar no Restaurante Reserva, que fica no Hotel Sheraton, na praia do Paiva. Foi um encontro de muita conversa e planos sobre a nova confraria de vinhos dos alunos da ISG – International Sommelier Guild –  em Recife.

Saímos de Boa Viagem com destino ao Paiva, chegando ao Sheraton por volta das 19:30h. O hotel é belíssimo e o restaurante é luxuoso, bem aconchegante, daqueles com meia luz, o que definitivamente não é legal para a análise visual do vinho, mas enfim, fomos mesmo para nos divertir, comer, beber e jogar conversa fora.

she3783re-161643_xx

www.starwoodhotels.com

O menu era de 5 courses, ou 5 pratos (kkkk), e tínhamos opções para escolher dentre as entradas quentes, o prato principal e a sobremesa. Eu estou tentando fazer uma dietazinha, mas ta difícil demais com tantos encontros enogastronômicos, sem falar no final de semana, que me acaba. Mas vamos lá!

 

 

20160901_195523

 

Iniciamos brindando com um espumante rose da Rio Sol, feito pelo método Charmat com a casta Syrah. Bem fresquinho.

 

Passamos para um Riesling alsaciano Leon Beyer, da safra 2013, um clássico com muita tipicidade aromática, mineral e floral, com maçã fresca e pêssegos.

20160901_204003

20160901_210751-copia

 

Para a primeira entrada, optei por um ceviche (camarão, salmão, ostra, batata doce e abacate), estávamos tomando o Sauvignon Blanc. Como sou fã da combinação caviche + sauvignon blanc, amei!

 

 

20160901_215211

No momento que serviam a entrada quente, estávamos degustando um Borgonha Savigny-les-Beaune de Christophe Buisson, safra 2012, então escolhi um linguini com lula, mexilhão e creme de leite ao sauvignon blanc para harmonizar.  Até que deu certo.

20160901_220140-copia

 

 

 

 

 

 

 

20160901_222920

 

Para o prato principal fui de costela de cordeiro com azeite, alho e limão, batata nova, cogumelos, abobrinha e mandioca. Eu consegui acompanhar esse prato com três vinhos: o Monte Sasso Sangiovese 2012, o Papa Figos 2014, da região do Douro e o Tignanello 2012, um supertoscano que todo mundo devia conhecer. Acredito que a melhor harmonização foi feita com o italiano Monte Sasso Sangiovese, da região da Emilia-Romagna, com notas de frutas vermelhas, um toque floral e picante.

 

 

 

20160901_222835

20160901_224438

20160901_225653

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

20160901_232105

Ao final, para a sob20160901_233738remesa,abacaxi no forno com cachaça velha, pimenta dedo de moça, bolacha de gergelim e sorvete de delícia trufada. Foi tiro e queda com um Château Suau 2008, da região de Barsac, Bordeaux, que pode utilizar a denominação Sauternes.

 

 

20160901_234228

 

 

 

E para encerrar a noite com categoria, um Porto Sandeman Porto LBV 1989 levado pelo confrade João, enólogo da Rio Sol.

 

 

 

 

Vinhos:

Rio Sol Rose Espumante Syrah

Léon Beyer Riesling 2013 – Alsace

Sauvignon Blanc Casa Lapostolle Grand Selection 2014

Savigny-les-Beaune Christophe Buisson 2012

Monte Sasso Sangiovese 2012

Papa Figos 2014 Douro

Tignanello 2012

Château Suau 2008 Sauternes

Sandeman Porto LBV 1989

 

Pratos (minhas escolhas):

Carpaccios

Linguini com lula, mexilhão, crème e sauvignon blanc

Costela de cordeiro com alho e limão, acompanhada de purê de batatas, cogumelos, abobrinha e mandioca

Abacaxi no forno com cachaça velha, pimenta dedo de moça, bolacha de gergelim e sorvete de delícia trufada.

 

FOTOS DO RESTAURANTE:

Área Interna:

20160901_164724 20160901_195154

Adega:

20160901_164806

she3783re-200157_xx

www.starwoodhotels.com

20160901_164845

 

 

 

 

 

 

Share.